Fibra Óptica

 

A Fibra Óptica

Constituição da Fibra Óptica

Fabrico da Pré Forma  

Fabrico de Pré Formas de Sílica

Fibra Vs Cobre

Aplicações da Fibra Óptica

Comunicações Ópticas

Utilização da Fibra Óptica

Tipos de Fibra

Fibra do Tipo S. I.

Caracterização de Uma Fibra Óptica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nota informativa

Livro de Visitas


Actualizado em 05102004

 

              Sobreviver. Este é o principal objectivo de todo o ser vivo. Para sobreviver o homem foi pouco a pouco adaptando a natureza às suas necessidades, transformando-a. Em pé, com as duas "patas" dianteiras livres para pegar tudo que o cercava, o homem começou a inventar utensílios para facilitar a sua vida. Desse modo, por exemplo, veio o fogo e a roda. Seguindo essa ideia, o homem, de acordo com as suas necessidades, começou a utilizar-se de sinais luminosos para transmitir informações através do fogo. Era o início da óptica e da comunicação a distância.

                Com o passar do tempo, o constante desenvolvimento, crescimento e a evolução do homem exigiu que novos métodos para a comunicação fossem abordados, pois o método que eles utilizavam era insuficiente para abranger toda a população. Era necessário surgir um novo método que levasse a informação para todas as pessoas ao mesmo tempo. Foi pensando assim que o homem descobriu o telefone (1876), a televisão (1936), o computador (1943), o satélite (1962) e outros.

                O crescente avanço da tecnologia fez com que as várias ciências existentes se desenvolvessem e com isso surgiu o LASER. E foi através dele que o homem encontrou, em termos, o mais novo e melhor meio de comunicação, cujo aperfeiçoamento se deu com a descoberta da fibra óptica.

                Para o desenvolvimento das estruturas ópticas e das suas aplicações muito tem contribuído a engenharia óptica, este contributo veio permitir desenvolver cada vez mais os cabos ópticos, cabos estes que tem cada vez mais dimensões reduzidas. Com o contributo da engenharia óptica, a fibra óptica aplica-se cada vez mais em outra áreas que não a comunicação, uma das áreas onde se tem aplicado cada vez mais a fibra óptica e a medicina.

                Por ser flexível, a fibra óptica pode ser empregada também em instrumentos médicos que precisam penetrar o organismo, como endoscópios. Nesse sistema, uma fibra penetra numa veia do braço de um paciente e, seguindo um complicado percurso, chega ao coração e a outros órgãos. Assim é possível que os médicos analisem o paciente "por dentro", possibilitando maior precisão em seu diagnóstico.

                Em telecomunicações, as fibras ópticas são úteis porque não conduzem electricidade, evitando interferências indesejáveis, sendo assim elas estão tomando lugar dos cabos de cobre. Essa maior eficiência e a grande capacidade de transmissão tornam a fibra óptica ideal para sistemas telefónicos, ou para a transmissão de dados entre computadores (isso ocorre pois nas fibras ópticas a atenuação não aumenta com a frequência, algo que ocorre com os cabos de cobre, portanto este meio é capaz de transmitir altas taxas de transmissão por longas distâncias).

[ Topo ]